Diabetes: pré-diabetes pode ser combatida com a alimentação saudável


Para que pessoas pré-diabéticas não evoluam para o tipo II da doença, é preciso consumir comida saudável, com baixo teor de açúcar, além de diminuir o contato com alimentos processados.


Hábitos saudáveis e a prática de exercícios físicos são passos fundamentais para que não haja necessidade da pessoa fazer uso de medicamentos para controlar o pré-diabetes.

Como combater o pré-diabetes com hábitos saudáveis


É preciso evitar o consumo de comidas ultraprocessadas, que são ricas em concentrações de gordura, sódio e açúcar. Essa é a primeira das recomendações do Ministério da Saúde que fazem parte do Guia Alimentar para a população brasileira, que trata e também previne o diabetes.


A Sociedade Brasileira de Diabetes recolheu dados que estimam que 40 milhões de brasileiros encontram-se no estágio pré-diabético, isto é, contam com elevado nível de glicemia (em jejum), que varia de 100 a 125 mg/dl.


Dentre esse total, 25% pode chegar a desenvolver o diabetes tipo II.


O Brasil consome, atualmente, 50% a mais de açúcar do que seria o aceitável. Os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que, cada brasileiro, por dia, chega a consumir 18 colheres de chá do produto, sendo que o recomendável seria, no máximo, 12 colheres.


Claramente tal ação impacta diretamente no número de casos de diabetes nos últimos anos.


De acordo com a Pesquisa Vigitel, em 2017 o índice de diabetes cresceu 54% nos homens e 28,5% nas mulheres. Acompanhando o diabetes, aumentaram também os casos de obesidade (muito relacionada ao alto consumo de açúcar). A patologia cresceu mais de 60% na última década.


O diabetes é uma doença crônica, porém pode ser evitada mediante a adoção dos hábitos corretos, com uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos. Nesse sentido, os cidadãos precisam o quanto antes prestar mais atenção quanto ao consumo de alimentos benéficos para a saúde, como verduras, frutas, legumes, castanhas, cereais, carnes e ovos, assim como diminuir os alimentos gordurosos e processados.


Alimentação na pré-diabetes


A rotina das pessoas que já se encontram na pré-diabetes deve ser pautada em comida saudável e nas recomendações de um nutricionista. Alimentos já citados anteriormente, como verduras e legumes, são fundamentais na dieta do pré-diabético. Além disso, as opções que contêm fibras fornecem determinados nutrientes e uma quantia baixa de calorias, o que favorece não só o tratamento contra o diabetes como também contra a obesidade e outras doenças crônicas (como as cardíacas).


Os pré-diabéticos devem priorizar o consumo de água, chás, sucos e leite ao invés de refrigerantes e bebidas lácteas. Também, não é indicado trocar comida saudável caseira, feita na hora (sopas, saladas, caldos, arroz, feijão, refogados de legumes, verduras, tortas, molhos, macarronada e farofas) por opções já prontas (macarrão e sopa instantâneos, pratos congelados que vão direto ao micro-ondas, sanduíches, frios e embutidos, molhos industrializados, maioneses, misturas prontas para tortas, entre outros alimentos).


Por: DINO

Em: https://www.terra.com.br/noticias/dino/pre-diabetes-pode-ser-combatida-com-a-alimentacao-saudavel,900d317adb6ca67e8b989c69c9d0b3a3kxjyz7fy.html

0 visualização
Método mpant®
LogoNovoTransparente.png

Visite nosso BLOG

Blog9.png

© 2017 por mpant®