Diabetes: pai cria abaixo-assinado digital para a Kibon voltar a produzir picolés zero açucar


PICOLÉS ZERO AÇÚCAR é motivo de petição de analista de Jundiaí

Picolés zero açúcar. É o que o analista de sistemas Leandro Camillo, de Jundiaí, quer que a Kibon volte a produzir. E para pressionar a gigante, criou um abaixo-assinado digital na Change.org. Leandro quer que o filho, Enzo, de 10 anos, tenha o prazer de saborear a sobremesa preferida. O menino tem diabetes.


O prazer do garotinho durou pouco. A família descobriu o sorvete sem açúcar num dos parques da cidade. Não passou muito tempo de a notícia ruim chegou quando passaram a procurar o picolé e foram avisados que a linha tinha deixado de ser produzida. Como um pai faz de tudo para os filhos, Leandro não pensou duas vezes e decidiu criar a petição para que a Kibon volte a produzir os sorvetes para diabéticos.


“A ideia de criar o abaixo-assinado veio da necessidade de termos mais pessoas nos apoiando no pedido da volta do picolé, porque com toda certeza só o nosso pedido não faria efeito”, contou Leandro em entrevista à equipe da Change.org.


Para a surpresa do analista, a mobilização já alcançou quase 20 mil assinaturas. “Nós esperávamos algumas centenas de assinaturas, mil era um sonho, mas foi crescendo, se espalhando e atingindo esse tamanho todo, o que nos deixou extremamente felizes”, disse.


Segundo o Change.org, “apesar da boa repercussão, a Kibon respondeu o abaixo-assinado retificando a decisão de descontinuar a linha, alegando que eles precisaram “tirar alguns produtos do mercado para dar espaço a lançamentos e novidades” e que “esta é uma decisão tomada com base em pesquisas”.


PARA PARTICIPAR DO ABAIXO-ASSINADO CLIQUE AQUI


Leandro acredita que a Kibon possa rever a decisão. “Como um produto pode ser vendido se o público-alvo desconhece que ele existe? Além disso, o que nos deixa indignados é que de uma linha de produtos tão ampla, com tantos produtos cheios de açúcar, foram tirar de linha o único zero açúcar?”, desabafou o pai para o Change.org.


O Jundiaí Agora tentou conversar com o analista de sistemas e não conseguiu localizá-lo.


LEIA O DEPOIMENTO EMOCIONADO DE LEANDRO NA PETIÇÃO DIGITAL

Descobrimos recentemente que meu filho de 10 anos, o Enzo, é diabético. Foi um choque, ainda mais que a descoberta foi durante uma visita ao pronto-socorro infantil porque ele havia passado o dia bem cansadinho. A plantonista pediu exames e quando os resultados voltaram ele foi direto para a UTI correndo risco de vida. 


Graças a Deus e a toda a equipe ele se recuperou e passamos a enfrentar um mundo totalmente desconhecido, o mundo do diabético. Um mundo cheio de restrições, um mundo com tabelas nutricionais, um mundo com ingredientes, carboidratos, aparelhos, insulinas, um mundo inteiro novo pra gente.


Buscamos aprender o que é bom, o que é ruim, o que pode e o que não pode, alternativas para as coisas gostosas para uma criança de 10 anos. E na área dos sorvetes, que é uma das sobremesas que ele mais gosta, estava complicado encontrar alternativas. Buscando na internet a gente até encontrava, mas nos freezers dos estabelecimentos, nunca!


Até que um dia passando umas horas em um parque de nossa cidade, Jundiaí – SP, paramos em um quiosque e lá estava: Kibon Zero Açúcar Frutas Vermelhas, ainda levando um selo da ANAD (Associação Nacional de Atenção ao Diabetes). 


Os olhinhos dele brilharam, o sorriso preencheu seu rostinho. Pedimos um e ele se deliciou com o picolé, como se fosse o primeiro da vida dele, como uma descoberta. Enfim, ele existia de verdade.


Procuramos em muitos estabelecimentos na cidade e nada, nenhum. Procuramos em todos os freezers que encontramos em qualquer lugar que a gente foi e nada. Voltamos ao parque, lá encontramos de novo, novamente como se fosse o primeiro, olhos brilharam, sorriso enorme no rostinho.


Encontramos um único, o último, um dia sem querer em uma padaria em São Bernardo do Campo.


Mais uma vez, o prazer igual ao primeiro da vida.


Então decidi entrar em contato com a Kibon e recebi a notícia devastadora que a empresa decidiu descontinuar essa linha e que os que eu encontrei eram os últimos, estoque que ficou depois que a linha foi descontinuada.


Quando o Enzo ficou sabendo, decepção e tristeza tomaram conta dele. Ficou triste demais em saber que não teria mais muitas chances de poder saborear a única alternativa que havia encontrado.


Acredito que essa decepção dele, minha e de minha esposa, é a mesma de muitos outros diabéticos do país (12,5 milhões de pessoas!) e de outras pessoas com dietas com restrição de açúcar (por doença ou não).


Por isso, portadores de diabetes, nós pais, responsáveis e cuidadores de pessoas portadoras de diabetes e todos as outras pessoas que possuem dieta com restrição de açúcar, pedimos a vocês da Kibon e da Unilever que reconsiderem e recoloquem a linha zero açúcar, em especial a que já conhecemos, Kibon Zero açúcar Frutas Vermelhas, em produção e disponível no mix de produtos de vocês e nos freezers dos estabelecimentos de todo o país.


Sejam diferentes das demais empresas que produzem sobremesas no país e voltem a dar atenção aos diabéticos, como resolveram fazer em 2016.


Nós agradecemos muito!


Por: JA Jundiaí Agora

Em: http://jundiagora.com.br/picoles-zero-acucar/

0 visualização
Método mpant®
LogoNovoTransparente.png

Visite nosso BLOG

Blog9.png

© 2017 por mpant®